Neymar comemora: ele fez três contra a África do Sul, em março (Foto: Mowa Press)

Jogo sem graça serviu para Neymar se consagrar e Fernandinho marcar golaço

O jogo foi café com leite. A África do Sul claramente em um nível muito inferior, mas o Brasil fez enfim o seu último jogo antes da convocação para a Copa. A vitória por 5 a 0 sobre a África do Sul não surpreende, nem serviu para muita coisa, a não ser para confirmar o óbvio: Neymar é o craque do time. Só ele é, de fato, insubstituível na equipe de Felipão.

No mais, Fernandinho foi quem aproveitou bem a chance. Não foi cobrado defensivamente, que é o ponto principal quando se fala em jogar com ele e Paulinho como volantes. Mas no segundo tempo teve liberdade para fazer justamente o papel do ex-corinthiano e marcou um golaço. Parece que agarrou a chance. Resta saber como fica Lucas Leiva, que parecia também estar com um pé na Copa, mas agora pode estar ameaçado. Hernanes também pode perder a vaga para o jogador do Manchester City.

Rafinha pouco teve o que fazer no jogo. Este deve ser mesmo uma terceira opção para a lateral direita, caso Daniel Alves ou Maicon não possam atuar na Copa por lesão. Fred foi discreto, mas fez o passe para um dos gols. Jô entrou e deu passe para outro gol. Ambos parecem garantidos.

Felipão está cada vez mais certo do grupo que tem. Dos 23, certamente tem pelo menos 20 definidos. As dúvidas seguem as de sempre: o terceiro goleiro, já que Júlio César e Jefferson estão garantidos, e o quarto entre os zagueiros convocados, uma vez que Thiago Silva, David Luiz e Dante também são nomes certos. Agora é esperar pela confirmação dos convocados.

Formações iniciais

África-do-Sul-x-Brasil

Destaque do jogo

Neymar foi o craque do jogo, mesmo sem nem precisar jogar muito. Três gols, um de uma simplicidade eficiente, outro com uma categoria enorme e o último de oportunismo. É o grande nome do Brasil e assim deve ser na Copa também.

Momento-chave

Quando Galvão Bueno perdeu o primeiro gol do Brasil, criando um momento divertido no jogo. No mais, jogo totalmente controlado pelo Brasil.

Os gols

10’/1T: GOL DO BRASIL! Hulk faz lindo lançamento longo para Oscar, que toca por cima do goleiro.

41’/1T: GOL DO BRASIL! Paulinho divide e a bola sobra para Neymar, com tranquilidade, finalizar de canhota.

46’/2T: GOL DO BRASIL! Fred fez passe à la Ibrahimovic, com um golpe na bola, e Neymar, livre, tocou por cobertura.

34’/2T: GOL DO BRASIL! Fernandinho acerta um chute lindo de fora da área, no ângulo.

46’/2T: GOL DO BRASIL! Cruzamento de Daniel Alves da esquerda para Jô, que ajeitou de cabeça para Neymar marcar mais um.

Curiosidade

Neymar chegou a 30 gols em 42 jogos pela seleção brasileira. Está a dois gols de ultrapassar Tostão, o 10º na lista de maiores goleadores da história da seleção.

Ficha técnica

África do Sul 0×5 Brasil

África do Sul
16-Ronwen Willians; 4-Tabo Nthethe, 5-Anele Ngcongca, 11-Thabo Matlaba e 14-Bongani Khumalo (2-Siyanda Xulu, 20’/2T); 25-Andile Jali (12- Bongani Zungu, 10’/2T), 19-Daylon Claasen (9- Dino Ndlovu, 7’/2T), 10-Thulani Serero e 15-Dean Furman; 17-Bernard Parker (18- Ayanda Patosi, 17’/2T) e 23-Tokelo Rantie (20- Matthew Oupa Manyisa, intervalo). Técnico:

Brasil
12-Júlio César; 5-Rafinha, 3-Thiago Silva, 4-David Luiz (13-Dante, 19’/2T) e 6-Marcelo; 8-Fernandinho, 18-Paulinho (17-Luiz Gustavo, intervalo) e 11-Oscar (16-Ramires, intervalo); 7-Hulk (14-Willian, intervalo), 11-Neymar e 9-Fred (21-Jô, 17’/2T). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Local: Soccer City, em Joanesburgo (AFS)
Árbitro: Antonio Caxala (ANG)
Gols: Oscar, 10’/1T, Neymar, 41’/1T, 1’/2T, 46’/2T, Fernandinho, 34’/2T (Brasil)
Cartões Amarelos: Ramires (Brasil)
Cartões Vermelhos: nenhum