Johan Cruyff é um dos maiores craques de todos os tempos, apreciado por ser um jogador cerebral, acima de tudo. A partir de agora, passa a estar disponível também para ser escolhido no PES Club Manager, a versão móvel do PES, e em breve estará disponível também no PES 2018, segundo a Konami anunciou nesta sexta-feira.

LEIA TAMBÉM: Cruyff, 70 anos: O filme de 1972 que oferece um olhar de arte à arte do gênio holandês

O acordo foi possível porque o Barcelona é um parceiro premium da Konami para o PES 2018 e a empresa pode usar jogadores clássicos da história do clube no jogo. Por isso há outros como jogadores do clube disponíveis para serem escolhidos, além da exclusividade do Camp Nou no jogo – o Fifa não usa o famoso estádio – e uma capa exclusiva.

A carreira estelar de Cruyff começou no Ajax, em 1964, onde ele ficou até 1974 e conquistou três vezes seguida as Copa da Europa, precursora da Champions League atual, além de oito títulos holandeses. Foi para o Barcelona, onde conquistou um título espanhol, em 1973/74 e a Copa do Rei em 1977/78. Ele ainda jogaria também pelo Feyenoord, onde conquistaria mais um título holandês.

No Barcelona, Cruyff é lembrado até hoje como lenda. Primeiro, por sua influência dentro de campo. Era o grande jogador da chamada Laranja Mecânica, vice-campeã na Copa de 1974, e se tornou também uma semente de um estilo de jogo que deixa uma herança ao clube. Ele e o técnico Rinus Michels levaram um estilo de jogo que criou raízes no clube, assim como já tinha acontecido no Ajax. Individualmente, Cruyff ainda conquistou três Bolas de Ouro, em 1971, 1973 e 1974. Mas o seu pensamento sobre o jogo nunca foi individual, sempre coletivo.

O craque voltou como técnico do Barcelona e tornou-se uma lenda também nessa função. Foi tetracampeão espanhol consecutivamente, além de conquistar a primeira Champions League da história do Barcelona, comandando o time de 1991/92. As raízes do jogo do Barcelona têm muito de Cruyff, que segue como um mentor de muitos do que trabalham no clube até hoje, ainda que haja eventuais mudanças pontuais de estilo.

As lendas são uma das apostas do PES 2018 para conquistar os torcedores pela nostalgia. É um grande recurso e os brasileiros têm muito o que comemorar nesse sentido, com grandes nomes do país no game, como Romário, Sócrates e Zico. Além deles, Diego Maradona também está presente no PES 2018.

Veja o trailer com Cruyff no PES 2018: