O que poderia ser a virtual decisão do Campeonato Italiano foi um jogo monótono e muito combativo taticamente. No final, Juventus e Milan acabaram não saindo do 0 a 0 e mantiveram a diferença de 10 pontos entre si na classificação. Melhor para os ‘bianconeri’, que ficam mais próximos do bicampeonato.

Precisando dos três pontos para diminuir a distância em relação aos líderes, o Milan tomou a iniciativa. Manteve a formação que goleou o Bayern de Munique na última quarta-feira e tentou sufocar os piemonteses. No entanto, a defesa da Juventus era relativamente bem-sucedida em impedir que tal domínio territorial se transformasse em oportunidades agudas de gol.

No segundo tempo, o técnico juventino Fabio Capello sacou Ibrahomovic para colocar Del Piero. A intenção de criar um fato novo no setor ofensivo da Vecchia Signora não teve muitos frutos. O jogo se tornou mais equilibrado, mas as chances de gol continuaram escassas. Mesmo depois que o volante milanista Gattuso foi expulso por acúmulo de cartões amarelos.

Mesmo o Milan pareceu aceitar o empate sem grandes constrangimentos. A pressão final não foi das mais contundentes e o empate sem gols acabou sendo previsível pela forma como o jogo se desenhou desde o início.

Assim, a Juventus foi para 74 pontos e segue tranqüila na liderança. O Milan, único time a bater os juventinos nesta edição da Lega Calcio, está em segundo lugar, com 64. O maior problema dos milanistas é a aproximação da Internazionale, com 62.

Veja os resultados da 29ª rodada do Campeonato Italiano:

11/3
Siena 1×0 Treviso
Internazionale 1×0 Sampdoria

12/3/06
Ascoli 3×2 Roma
Cagliari x Fiorentina (suspenso aos 29 minutos em 0 a 0)
Empoli 2×1 Chievo
Lazio 3×1 Reggina
Messina 2×1 Lecce
Palermo 2×0 Udinese
Parma 2×1 Livorno
Juventus 0x0 Milan