A eliminação da Juventus da Liga dos Campeões já causa efeitos no clube. Nesta quinta, Luciano Moggi, diretor-geral da Juve, anunciou que a equipe deixará de falar com a imprensa. A decisão foi tomada por conta das diversas críticas sofridas após o empate sem gols com o Arsenal, nesta quarta, no Delle Alpi. Como os Gunners haviam vencido por 2 a 0 em Highbury, ficaram com a vaga nas semifinais.

“Estamos desolados pela nossa eliminação, mas também pelas críticas depois do jogo desta quarta. Esta nossa pausa para reflexão deverá servir para readquirir a calma e, assim, podermos conquistar o título para os nossos torcedores e acionistas, que tanto o merecem”, comentou o dirigente.