Harry Kane fechou o ano comprovando o quanto é artilheiro. Marcou três gols contra o Southampton, na vitória por 5 a 2, e chegou a 56 gols no ano. Com isso, deixou para trás Lionel Messi, que fez 54 no total, além de ter superado o recorde de gols em um ano na Premier League, com 38. Shearer tinha 36, marca que Kane alcançou no jogo passado, contra o Burnley.

LEIA TAMBÉM: A neblina que deixou o goleiro Sam Bartram sozinho em campo em um jogo no Natal de 1937

Danny Rose fez uma grande jogada ela esquerda e acabou derrubado com falta. Eriksen cobrou e Kane cabeceou com uma incrível facilidade para marcar mais um gol na Premier League. Foi o 37º gol dele na Premier League no ano de 2017, ultrapassando o recorde de Alan Shearer.

No início do segundo tempo, o Southampton começou tentando tirar a desvantagem e pressionando. Tentou chegar duas vezes ao ataque, uma delas levou algum perigo. Só que o Tottenham foi fatal quando voltou ao ataque e decidiu o confronto em duas chegadas à meta adversária, antes dos 10 minutos.

No segundo tempo, quem marcou foi Dele Alli. Depois de receber a bola no lado esquerdo, o meia do Tottenham puxou para o meio e bateu colocado, rasteiro, e marcou mais um: 3 a 0, logo a quatro minutos.

Dois minutos depois, aos seis, foi a vez de Son Heung-Min recebeu na direita e finalizar cruzado para marcar o 4 a 0 e selar a vitórias àquela altura. Mas teria muito jogo pela frente. Aos 18 minutos, o Southampton conseguiu diminuir o placar. Buffal recebeu pela esquerda, depois de bobeada da zaga do Tottenham, e chutou forte para vencer Lloris, que não defendeu uma bola defensável.

Só que a fase de Harry Kane é tão boa que ele marcou mais um. Son trabalhou pela direita, tocou para Dele Alli, que colocou com açúcar para Kane. O atacante deu um toque de categoria, de pé esquerdo, e marcou mais um. O seu terceiro e 56º no ano de 2017. Completou a oitava vez que marcou três gols em um só jogo.

Embora realizado em período de festas, o jogo era oficial, da Premier League, mas foi ganhando contornos de jogo festivo. Aquele mesmo de amigos de fulano contra amigos de beltrano. Foi assim que Tadic, aproveitando bola que sobrou na área, tocou por cima, Lloris mais uma vez não foi bem e a bola entrou: 5 a 2, aos 36 minutos da etapa final.

Os times se atacavam com força, com as defesas não conseguindo fazer nada muito além de cercar os jogadores. O Southampton já tinha desistido do jogo e parecia tentar um ou outro golzinho. O Tottenham parecia estar naquele final de pelada, com desperdício de ataques.

Segundo estatística da Opta, contando só os gols pelo clube, Kane ficou atrás apenas de Cavani. Foram 49 gols do inglês, contra 50 do uruguaio. Na artilharia da Premier League, Kane chega a 18 gols e ultrapassa, ao menos temporariamente, o egípcio Mohammed Salah, que tem 15. O inglês já tinha empatado no último jogo.

Considerando apenas a atual temporada, 2017/18, o maior artilheiro entre as cinco maiores ligas da Europa é Edinson Cavani, com 19 gols pelo Paris Saint-Germain. Mesmo assim, a marca é muito impressionante e mostra que também pela seleção inglesa Kane tem muito a fazer e mostrar.

Os torcedores dos Spurs brincam com o que alguns chegaram a dizer, que Kane seria um jogador de uma temporada só. Duas artilharias da Premier League depois, o atacante mostra mais uma vez que é mais do que isso. E se coloca em um patamar muito alto, junto a outros grandes nomes do futebol mundial, como Robert Lewandowski, além de disputar número de gols com Messi e Cristiano Ronaldo.

Kane foi o grande foco do jogo, pelos três gols e pelo recorde, mas é preciso destacar também Dele Alli. O meio-campista vem sendo criticado pela queda nas suas atuações, mas ele segue criando muitas chances e neste Boxing Day ele jogou muito bem, sendo decisivo e criando, como acontece sempre, muitas chances de gol.

Em termos de classificação, o Tottenham vai a 37 pontos, em quarto lugar na tabela. O Southampton é 13º com 19 pontos. O Tottenham volta a campo no dia 2 de janeiro contra o Swansea, fora de casa. O Southampton joga no mesmo dia contra o Crystal Palace, em casa.