Nada como uma vitória para amenizar a pressão. Jürgen Klinsmann sentiu-se mais aliviado depois da vitória sobre os Estados Unidos por 4 a 1, em amistoso disputado nesta quarta em Dortmund. O triunfo devolve um pouco de tranqüilidade ao treinador, bastante criticado nos últimos tempos.

Klinsmann demonstrou como ficou feliz com a goleada sobre os EUA. “No intervalo, disse ao time que eles haviam pressionado os norte-americanos. Foi um bom resultado e, na verdade, foi divertido ver a equipe jogar. Ainda tenho a mesma alegria e o entusiasmo de quando assumi o cargo. Podemos vencer a Copa. Esta é a nossa meta, mas devemos subir um degrau de cada vez”, disse o treinador.

Já Bruce Arena apontou os “problemas físicos e de mentalidade” como os principais responsáveis pela derrota. “Houve um problema de mentalidade no começo do segundo tempo. Depois de 45 minutos de boa concentração e futebol, recomeçamos de maneira pobre.Fomos derrotas e merecemos ter sido vencidos. Penso que jogamos bem coletivamente, mas não criamos muitas chances. Nossos jogadores não estavam bem fisicamente. Dava para ver o cansaço deles com 65, 70 minutos de jogo”, lamentou o técnico.

*foto: Agência CBF