O técnico do Benfica, Ronaldo Koeman, elogiou a atuação do Benfica na derrota por 2 a 0 para o Barcelona, que definiu a eliminação dos portugueses da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira. O holandês lamentou apenas as chances perdidas por seus atacantes quando o jogo ainda estava 1 a 0, em que se os portugueses marcassem poderiam avançar com o empate.

“Estou orgulhoso com minha equipe. Reconheço que estávamos um pouco nervosos, mas batalhamos pelo empate até os 43 do segundo tempo, quando levamos o segundo gol. Não criamos tantas ocasiões de gol, mas Simão podia ter feito o gol de empate”, comentou o técnico dos portugueses.

Koeman aproveitou para relembrar um pênalti não marcado a favor do Benfica no jogo de ida, no estádio da Luz. “Aquela bola na mão do Thiago Motta podia ter-nos feito a diferença”, recordou o holandês, que fez questão de reconhecer a superioridade do Barça nas duas partidas.