O camaronês Joseph Minala é um dos jogadores sub-17 mais conhecidos do mundo. Talvez o mais conhecido. O meio-campista da Lazio ganhou as manchetes do mundo quando sua foto caiu na internet, revelando um indivíduo com aparência física de alguém que já passou dos 17 anos há um bom tempo. E como as pessoas não têm medo de ligar países africanos com adulteração de idade, foi imediata a barulheira.

Bem, mas não podemos esquecer que, por trás dessa história toda, há um jogador de futebol. Um jogador que está nas categorias de base de um dos clubes mais tradicionais da Itália e pode despontar na equipe principal em breve. Por isso, fomos conferir o atleta por trás das especulações.

O jogo

Lazio x Fiorentina, partida de ida da final da Copa Itália Primavera, disputada em Roma no final de fevereiro.

O que fez Joseph Minala

O camisa 8 da Lazio atuou a partida inteira. Ele é um segundo volante, que gosta de carregar a bola de trás e distribuir o jogo. Também chega bem no ataque. Inclusive, marcou dois gols na vitória laziale por 3 a 1 de virada. A torcida o apoiou bastante, e ele claramente era o jogador que mais chamava a atenção dos jornalistas italianos na partida.

E aí, o cara é bom?

Antes da análise, é importante salientar que se trata de um comentário baseado na observação de uma partida. Há uma margem de erro evidente, pois pode ter sido uma atuação fora de seu normal para o bem ou para o mal. O que não torna a avaliação inválida, apenas o ponto de partida para futuras observações.

Minala brilhou. Mesmo no primeiro tempo, quando a Fiorentina vencia por 1 a 0, ele se destacava dos demais. O camaronês chamava o jogo, jogando de cabeça erguida, ditando o ritmo da Lazio e iniciando quase todas as jogadas de sua equipe. No segundo tempo, quando os laziali adiantaram o time para buscar a vitória, o volante teve mais liberdade para aparecer no ataque. Ele mostrou capacidade de se aproximar dos avantes para uma assistência ou mesmo finalizar. As características lembram a de Paulinho no Corinthians.

A noção de ocupação de espaço e a visão de jogo foram acima da média para um jogador sub-17. E ele usou isso para buscar atalhos pelo campo e aparecer em boas situações. Em um futebol tradicionalmente muito tático e com defesas bem organizadas, um jogador que tenha essas virtudes vindo de trás pode ser muito útil. Basta ver como Pogba, De Rossi, Guarín e Ínler são importantes para Juventus, Roma, Internazionale e Napoli.

Apesar de as fotos mostrarem Minala como uma figura de tronco forte e musculoso, muito mais do que se espera de um garoto do sub-17, essa força física não é tão nítida quando se vê Minala jogando de longe. Ele realmente parece forte, mas nada que cause grande espanto. Como ele é baixo, não tem condição de usar essa eventual força física para tirar vantagem dos demais garotos em divididas ou arrancadas.

Essa é uma questão importante. Muitos jogadores que se desenvolvem fisicamente rápido se destacam na base pelo fato de terem muito mais força que os demais, mas nem sempre conseguem repetir essa estratégia no profissional, diante de oponentes já amadurecidos. Três casos de garotos precoces fisicamente que chamaram a atenção em edições recentes da Copa São Paulo foram Walter (Internacional, hoje no Fluminense), Patrick (Atlético Paranaense, atualmente no Paulista) e Douglas Tanque (Corinthians, emprestado ao Penapolense). Não estamos acusando o trio de ser gato, absolutamente, apenas lembrando que, desde a base, eles eram fisicamente muito fortes e usaram isso para despontar.

Minala parece um bom jogador. Tem talento, e é por isso que a Lazio faz tanta questão de defendê-lo das acusações de adulteração de idade. Se ele tiver realmente 17 anos, tem potencial para se desenvolver bastante e transformar em um bom jogador, em condições de chegar a grandes clubes europeus. Se sua idade não for a indicada em sua identidade, sua curva de crescimento técnico e tático é bem menor, mas ele tem futebol para conseguir um lugar em um clube de primeira divisão na Itália.

De qualquer modo, vale acompanhar o camaronês. Pela pequena amostra, ele parece ser mais que um jogador que talvez esteja mentindo a idade. Ele tem potencial, e isso não pode ser ignorado.