Vanderlei Luxemburgo teve uma amostra de como serão duros os próximos dias de treinos do Real Madrid. Hoje, o técnico teve apenas três jogadores à sua disposição: Tébar, Pavón e Miñambres.

O fato ocorreu por uma soma de diversos fatores. Além dos jogadores que foram convocados para suas respectivas seleções (amistosos e repescagem), a extensa lista de machucados ganhou mais dois nomes. Guti e Mejía sentiram dores musculares causadas por sobrecarga.

A enfermaria do Real Madrid conta com oito jogadores. Além da dupla, estão em recuperação Woodgate, Zidane, Ronaldo, Julio Baptista, Gravesen e Helguera. Porém, Guti e Mejía devem estar prontos a tempo para o clássico contra o Barcelona, em 19 de novembro. Raúl Bravo teve autorização do clube para resolver problemas pessoais.

Apesar de tantos desfalques, o clube seguirá ´´treinando´´ normalmente até sexta.