Nacional

A Libertadores terá as oitavas mais MÍSTICAS da história: o Nacional Querido avançou

Você pode torcer para qualquer time da Libertadores. Secar qualquer adversário. Mas não pode ficar alheio ao grande fato do futebol internacional nesta quinta-feira (quiçá do mês ou até do ano): o Nacional do Paraguai, o nosso Nacional Querido, está classificado às oitavas de final da competição continental. O time mais simpático das Américas alcançou um feito histórico, pela primeira vez indo além da fase de grupos da Libertadores. Um lugar merecido diante do carisma tricolor.

O Atlético Mineiro teve grande parte na façanha do Nacional. Os alvinegros, que já estavam classificados, venceram o Zamora por 1 a 0, gol de Jô, e deixaram a briga aberta para a segunda colocação da chave. Depois de começar perdendo, virar o placar e ceder o empate, os paraguaios saíram com a vitória sobre o Independiente Santa Fe somente aos 39 minutos do segundo tempo. Silvio Torales, o autor do tento decisivo, foi o agraciado em fazer explodir o Defensores del Chacho de alegria. A vitória por 3 a 2 dava a vaga nas oitavas ao Nacional, mesmo que seja com a pior campanha entre os 16 classificados.

Ainda não sabe por que o Nacional é tão querido? É uma falha de caráter, mas te ajudamos a resolver isso. Conheça a home page MÍSTICA (sim, com caps lock à vontade) não-oficial do clube paraguaio, que nos leva a uma máquina do tempo e só resume a magia do time. Você com certeza irá favoritar, ainda mais com essa festa toda pela classificação: www.nacionalquerido.com