Gary Lineker foi um dos últimos heróis da Inglaterra em Copas do Mundo, sendo a maior estrela do time nos Mundiais que o país foi mais longe desde o título de 1966. Foi artilheiro da Copa de 1986, quando o time parou nas quartas de final, e depois marcou quatro gols na campanha da Copa de 1990, quando a Inglaterra foi derrotada na semifinal para a Alemanha. Atualmente é apresentador de TV na BBC e BT Sport e comentarista. Em entrevista ao Mundo Deportivo, falou sobre Barcelona, Lionel Messi e Copa do Mundo.

LEIA TAMBÉM: Quem eram os oito jogadores do Manchester United que morreram em Munique, 60 anos atrás

Depois de brilhar pelo Leicester, Lineker passou pelo Everton, Barcelona, Tottenham e encerrou a carreira jogando no Japão, pelo Nagoya Grampus Eight. Pela seleção jogou até 1992, totalizando 12 anos de serviços aos Three Lions.

O seu entrevistador foi o ex-jogador Francisco Jjosé Carrasgo Hidalgo, conhecido como Lobo Carrasco, que jogou no Barcelona junto com Lineker. Ele perguntou o que mudou no futebol daquela época para cá. “O futebol mudou e o que mais mudou são os terrenos de jogo. A grama é sempre boa em todos os lugares”, disse o ex-atacante.

Barcelona

“Me encanta. Vejo todos os jogos. Sou do Barcelona e meus quatro filhos são loucos pelo Barça. Três são Leicester e não sei por que um me saiu Manchester United. São os melhores desde Ronaldinho, Xavi, Iniesta e sobretudo Messi. Ele é de outro mundo”.

Messi

“Messi faz quatro ou cinco coisas em um jogo que eu nunca fiz na minha carreira. Você fez algumas coisas como ele, mas Messi faz em cada partida. Faz coisas incríveis. É o melhor de todos os tempos. Nunca pensei que veria alguém melhor que Maradona”.

Quando perguntado sobre o que mais impressiona em Messi, Lineker é específico. “Os números. Messi marca gols em quase todas as partidas. Diego [Maradona] não marcou tantos. Messi passa e dribla como Maradona, mas sem um goleador nato, marca muitos gols. Ele é muito inteligente. E são muitos anos no topo do futebol. Já são 12. É um fenômeno”, analisou Lineker.

“Eles dizem que Maradona ganhou uma Copa do Mundo e Messi não, mas Messi tem quatro Champions League e Maradona nunca ganhou a Copa da Europa [por aqui, era chamada de Copa dos Campeões da Europa]. Então, dá para debater. Os dois são os melhores para mim, Messi um pouco mais. O Barça joga com 13 jogadores porque tem Messi”.

Iniesta e Xavi

“Iniesta, Xavi e Busquets são alguns dos três melhores jogadores de todos os tempos. Ganharam tudo. Uma Copa, duas Eurocopas. Tudo com o Barça. Sempre penso que se Messi tivesse se nacionalizado espanhol antes de estrear pela Argentina, Espanha teria ganhado ainda mais: três Copas e três Eurocopas. Com eles, essa equipe do Barça foi muito especial”.

Cristiano Ronaldo

“É um dos melhores jogadores de todos os tempos e o segundo melhor dos últimos 10 anos. Agora não sei porque tem 33 anos e pouco a pouco se nota no futebol. Está baixando um pouquinho, mas eu gosto. Joga para a equipe e é muito profissional. Trabalha muito, mas gosta de marcar gols mais que eu e se nota quando um companheiro marca e ele não”.

Benzema

“Eu acredito que Benzema é um grande goleador e joga bem para uma equipe com Cristiano Ronaldo, mas para mim há outros centroavantes melhores. As pessoas falaram muito e me disseram de tudo. Só estou falando da minha arte, marcar gols”.

Inglaterra na Copa

“Para ganhar, acredito que não. Vamos ser mais competitivos que nos últimos 10 ou 15 anos. Tivemos Lampard, Gerrard… Mas nos últimos 10 ou 15 anos não apareceram grandes jogadores, à parte de Rooney. Agora estamos melhorando, temos Kane, Sterling, Dele Alli, bons jogadores e também temos jovens muito bons. Ganhamos o Mundial sub-17, sub-20… É um pouco cedo, mas vamos melhorar. Acredito que até as quartas é possível chegar e, então, nunca se sabe, se pode ganhar qualquer partida. Mas há várias equipes melhores. Espanha, França, Brasil, claro, Argentina…”.

Bélgica?

“Bom, tem muitos bons jogadores, De Bruyne, Hazard, Vertonghen, mas sempre tem um ‘mas’”.

Argentina

“Não vejo uma grande Argentina, mas se conseguir ter organização, com Messi sempre é possível”.

Alemanha

“Alemanha sempre está ali. O futebol é um esporte com 22 jogadores correndo e no final ganham os alemães (risos). Vou à Alemanha e me falam: ‘Este é o homem que disse a frase’. Era uma brincadeira, em 1994!”.

Lineker é parte da equipe da BT Sport que transmite a Champions League no Reino Unido. O Barcelona enfrenta o Chelsea pelas oitavas de final da competição, que começa na próxima semana. Chelsea e Barcelona fazem o duelo de ida, em Stamford Bridge, no dia 20 de fevereiro. A volta será no dia 14 de março no Camp Nou.