A Bola de Ouro anunciou nesta segunda-feira os 30 finalistas do seu prêmio anual, que desde 2016 deixou de ser junto com a Fifa, que passou a se chamar “The Best”. As diferenças entre os dois prêmios começam a aparecer. A começar que The Best tem 24 indicados, enquanto a Bola de Ouro tem 30. Seis jogadores estavam entre os indicados da Fifa, mas não aparecem no prêmio da France Football. Na Bola de Ouro aparecem 13 jogadores não indicados na Fifa.

LEIA TAMBÉM: A Copa de 90 deverá ser mesmo a inspiração para as camisas de seleções da Adidas em 2018

Para começar com as ausências, os seis indicados no prêmio The Best que não aparecem na Bola de Ouro são: Dani Carvajal (Real Madrid), Zlatan Ibrahimovic (Manchester United), Andrés Iniesta (Barcelona), Keylor Navas (Real Madrid), Alexis Sánchez (Arsenal) e Arturo Vidal (Bayern de Munique).

Já a lista da Bola de Ouro divulgada nesta segunda traz 13 diferenças para a lista da Fifa, considerando também que são seis nomes a mais: Philippe Coutinho (Liverpool), Jan Oblak (Atlético de Madrid), Dries Mertens (Napoli), Kevin De Bruyne (Manchester City), David De Gea (Manchester United), Edin Dzeko (Roma), Sadio Mane (Liverpool), Radamel Falcao (Monaco), Edinson Cavani (PSG), Mats Hummels (Bayern), Karim Benzema (Real Madrid), Isco (Real Madrid) e Kylian Mbappe (PSG).

Entre os ausentes na lista da Bola de Ouro podemos destacar dois que estão no da Fifa: Dani Carvajal, lateral direito do Real Madrid, que fez uma ótima temporada, e Keylor Navas, outro do Real Madrid que também foi muito bem. Ambos, porém, são ausências mais compreensíveis, ainda que sejam dois nomes que mereçam destaque. Alguns também pode incluir Alexis Sánchez, que fez uma temporada muito boa no Arsenal, mas o desempenho coletivo do time acaba pesando negativamente. Iniesta, presente no prêmio da Fifa, é ausência na Bola de Ouro, com justiça. O espanhol é craque, mas não fez uma grande temporada para estar entre os indicados – nem 24 da Fifa, nem os 30 da France Football.

A lista de 30 nomes da Bola de Ouro, claro, permite abranger um número maior de jogadores que fizeram grandes temporadas. A lista da Fifa, porém, deixou fora alguns nomes que fizeram grandes temporadas, como Philippe Coutinho e Dries Mertens, além de Kevin De Bruyne. Também lembra de jogadores que viveram temporadas incríveis como Radamel Falcao Garcia, pelo Monaco, e o seu companheiro de ataque, Kylian Mbappé, que jogou bola demais em 2016/17.

Considerando que a forma de escolha dos finalistas é ligeiramente diferente entre os prêmios da Fifa e da France Football, é possível que não tenhamos os mesmos três jogadores. Neymar é o jogador mais questionável, já que a sua temporada, mesmo sendo boa, é discutivelmente pior que de outros, como alguns dos citados anteriormente.

Cristiano Ronaldo é indiscutível entre os finalistas; Lionel Messi é quase uma certeza também. Resta ver quem será o terceiro na votação da revista francesa, já que a votação é entre jornalistas especializados, e não capitães e técnicos das seleções.

Veja a lista completa de indicados da Bola de Ouro 2017 (os nomes em negrito não estão no prêmio The Best da Fifa):

Neymar (PSG)
Luka Modric (Real Madrid)
Paulo Dybala (Juventus)
Marcelo (Real Madrid)
N’Golo Kante (Chelsea)
Luis Suarez (Barcelona)
Sergio Ramos (Real Madrid)
Philippe Coutinho (Liverpool)
Jan Oblak (Atletico Madrid)
Dries Mertens (Napoli)
Kevin De Bruyne (Manchester City)
Harry Kane (Tottenham)
Robert Lewandowski (Bayern de Munique)
David De Gea (Manchester United)
Edin Dzeko (Roma)
Antoine Griezmann (Atlético de Madrid)
Toni Kroos (Real Madrid)
Gianluigi Buffon (Juventus)
Sadio Mane (Liverpool)
Radamel Falcao (Monaco)
Lionel Messi (Barcelona)
Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund)
Edinson Cavani (PSG)
Mats Hummels (Bayern)
Karim Benzema (Real Madrid)
Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Eden Hazard (Chelsea)
Leonardo Bonucci (Milan)
Isco (Real Madrid)
Kylian Mbappe (PSG)

E você, gostou da lista? Quem faltou? Quem não deveria estar? Comente!