O dinheiro recebido pelo Liverpool após a venda de Philippe Coutinho será usado, entre muitas coisas, para apaziguar a ira dos torcedores que confiaram na permanência do brasileiro. O clube publicou uma nota neste sábado, logo após o anúncio do negócio, prometendo reembolsar aqueles que compraram a réplica da camisa do meio-campista nesta temporada. Os Reds oferecerão um voucher no valor de £50 (preço de uma camisa nova sem personalização) para que os consumidores gastam nas lojas oficiais.

VEJA TAMBÉM: A vontade de Coutinho pesou mais do que tudo em seu caminho rumo ao Barcelona

A reposição do Liverpool será oferecida apenas àqueles que compraram a camisa nas lojas do clube ou no site oficial da Liverpool Store. O dono da réplica precisará ir com a camisa em mãos, assim como um comprovante da compra – ou, no caso da aquisição online, receberão o voucher diretamente no e-mail até a próxima semana. Além disso, a 10 de Coutinho não ficará retida na loja e o cliente poderá escolher novos produtos. Obviamente, o nome de Coutinho já foi retirado das opções para novas personalizações.

A solução encontrada pelo Liverpool certamente irá abrandar a insatisfação dos (ex?) fãs do brasileiro. E ainda permitirá muitas zoeiras com sua camisa antiga, sem tanta dor no coração pelo dinheiro jogado fora. Se alguém ainda deu um voto de confiança ao meio-campista ao final da janela de transferências do verão, há ao menos uma chance de recompensa pelas esperanças dilaceradas.