Suarez

Liverpool perdeu uma grande chance de se consolidar entre os quatro primeiros

A rodada foi quase perfeita para o Liverpool. No sábado, os seus principais perseguidores tropeçaram. O Manchester United foi derrotado pelo Stoke, e o Tottenham empatou com o Hull City. Bastaria fazer a parte dele neste domingo, contra o West Brom, e o clube estaria ainda mais próximo de voltar à Liga dos Campeões após quatro temporadas, mas o time de Brendan Rodgers desperdiçou a oportunidade e apenas empatou por 1 a 1.

E não é nem que o West Brom é uma potência quando joga no The Hawthorns. Em 12 jogos, venceu apenas três, empatou cinco e foi derrotado quatro vezes. Por outro lado, curiosamente, dos times da parte de cima da tabela, apenas o Manchester City conseguiu sair de lá com os três pontos. Além do Liverpool, Everton e Arsenal também empataram.

O principal gargalo dessa equipe vem sendo mesmo os jogos fora de casa. O Liverpool tem uma campanha em casa que só perde para City e Chelsea, mas, em território inimigo, ganhou apenas 15 pontos, menos que qualquer outra equipe que ocupa as sete primeiras posições da tabela da Premier League.

O Liverpool foi bem melhor no primeiro tempo, e o gol saiu em uma jogada que envolveu todo o ataque. Philippe Coutinho lançou Sterling, que achou Suárez dentro da área. A assistência do uruguaio veio na medida para Daniel Sturridge marcar mais uma vez. Não há mais dúvidas que o instinto matador do atacante inglês não é apenas temporário. Foi o 14° gol do jogador de 24 anos em 16 partidas de Premier League nesta temporada.

A outra boa notícia é que o jovem Sterling, de apenas 19 anos, está se consolidando como uma alternativa importante para Rodgers, que tentou contratar três meias-atacantes nesta temporada e não conseguiu – Willian, Salah e Konoplyanka. Ele fez três gols e deu três assistências nas últimas dez partidas do Campeonato Inglês que disputou, além de particiar mais ativamente das jogadas ofensivas.

No segundo tempo, o West Brom conseguiu equilibrar as ações, e apesar de uma pressão do Liverpool no final, segurou o empate, importante na briga contra o rebaixamento. Enquanto isso, o time de Steven Gerrard, embora ainda bem colocado para voltar à Champions League, perdeu uma baita chance de se distanciar no grupo dos quatro primeiros.