Vencer o Liverpool foi ótimo, mas nada está garantido. Este foi o discurso adotado pelo Benfica após o triunfo em cima dos Reds no jogo de ida das oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Os ingleses lamentaram a derrota por conta de uma falha, mas rejeitam a condição de favoritos para o confronto de volta.

Autor do gol da vitória, Luisão manteve o discurso precavido. “O Liverpool continua a ser o favorito, mas nós demos um importante passo. Agora, acho que a eliminatória ainda está em aberto, apesar de nos próximos jogos tudo começar do zero. Estamos preparados para o jogo de volta e contamos ter muitos torcedores para ver se nós fazemos uma viagem de regresso feliz”, comentou.

O zagueiro também falou a respeito de o Benfica ser considerado uma surpresa no confronto com os Reds. “O Liverpool dispensa comentários. É o atual campeão da LC, portanto sabíamos que ia ser difícil. No primeiro jogo, todos trabalhamos com cautela, para conseguir um bom resultado para o segundo. Portanto o grupo está todo de parabéns. Mostramos que nos momentos difíceis somos fortes”, disse.

Rafa Benítez lamentou a derrota causada em um momento de desatenção da equipe. “Foi uma partida equilibrada e que deveria ter terminado empatada. Cometemos um erro numa falta e levamos um gol, que eu achava difícil de acontecer”, apontou.

O treinador rejeitou a condição de favorito para o confronto de volta, quando recebe a equipe portuguesa em Anfield. “Nesta altura, não é uma questão de saber quem é o favorito, mas saber se conseguiremos marcar dois gols ou não. Nós temos uma boa equipe e, com os torcedores ao nosso lado, é possível alcançar a classificação”, afirmou