A cada rodada na França, o Lyon dá boas demonstrações que é um time remontado e que será capaz de brigar pelas primeiras posições. Brigar contra o Paris Saint-Germain é outra história, mas está claro que o time irá disputar as primeiras posições. A vitória deste domingo foi categórica. Contra o Nice, foi um massacre: 5 a 0, destruindo o adversário. Um dos fatores que mais tem feito o time ir bem é o trio de ataque.

LEIA TAMBÉM: Balotelli, o Super Mario, venceu uma partida de Mario Kart na vida real

Nabil Fekir se tornou o ponto focal de um ataque que conta ainda com Mariano e Memphis Depay. Fekir chegou a 13 gols na temporada, Mariano Díaz tem 11 e Depay tem 10. Só um time nas cinco principais ligas da Europa tem três jogadores com mais de 10 gols marcados: o Manchester City. O time inglês tem Sterling com 12 gols, Agüero com 11 e Gabriel Jesus com 10.

Neste domingo, Depay marcou dois, Mariano marcou um, assim como Maxwel Cornet e Myziane Maolida marcaram os outros gols. Depay foi o grande nome do jogo, uma partida que Fekir não atuou.

O Lyon chegou a 29 pontos, mesma pontuação do Monaco (antes do jogo contra o PSG). É o segundo melhor ataque da liga, com 37 gols marcados – dois à frente do Monaco. O PSG está bem à frente dos mais: 43.

Ainda não dá para saber até onde vai o Lyon, nem se o time terá força para encarar com a mesma voracidade os adversários mais fortes. O que se viu até aqui é um time forte, que tem um ataque goleador e que pode incomodar. Ao menos para voltar a disputar a Champions League na próxima temporada, ficando entre os três primeiros colocados. Já será um feito importante para o time.