Roy Keane aumentou sua coleção de confusões. Convidado pelo canal oficial do Manchester United para opinar a respeito da derrota por 4 a 1 do clube para o Middlesbrough, no fim de semana, o irlandês disparou para todos os lados. As pesadas críticas foram direcionadas a diversos companheiros. O programa foi censurado.

Prevista para ir ao ar ontem, às 17h30min, a entrevista nem foi ao ar. Em seu lugar, o canal optou por passar um programa de meia hora sobre o centro de formação de atletas. Keane reclamou com veemência de Rio Ferdinand, Darren Fletcher, Alan Smith, John O´Shea, Liam Miller e Kieran Richardson.

A língua solta de Keane já causou problemas na Copa de 2002, quando bateu boca com o treinador da Irlanda, e na pré-temporada passada, quando entrou em conflito com Alex Ferguson. O jogador atualmente se recupera de uma fratura no pé. Após 12 anos nos Red Devils, ele anunciou a saída do clube no final da temporada.