Gols, gols e mais gols. Cristiano Ronaldo é um dos maiores artilheiros do mundo. O jogador do Real Madrid disputa ano a ano com Lionel Messi o topo da artilharia dos principais campeonatos que disputam. E, por isso mesmo, com um gol em sete jogos do Campeonato Espanhol, a cobrança pelos gols é enorme, o que levou o português a dizer, em entrevista, que é mais do que só os gols que marca.

LEIA TAMBÉM: A aposta de Cristiano Ronaldo: mesmo 11 gols atrás de Messi, ele quer artilharia do Espanhol

“Não concordo com o que as pessoas estão dizendo sobre mim”, afirmou Ronaldo em entrevista ao L’Equipe, da França. “As pessoas não sabem a diferença entre jogar bem, jogar okay e não marcar gols”, explicou.

“Sou visto como uma máquina de marcar gols, como alguém que tem que marcar gols o tempo todo. Se isso não acontece, ninguém se importa se eu joguei bem ou não, sou julgado apenas pelos gols”, desabafou o jogador.

“Eu aceito as críticas, mas eu não concordo com elas. É por isso que eu evito ler ou ouvir o que é dito sobre mim. Mas eu não tenho opção a não ser aceitar isso, eu não controlo o mundo”, continuou o português.

O Real Madrid é o terceiro colocado no Campeonato Espanhol, com 23 pontos, a oito do líder Barcelona e a quatro do segundo colocado, Valencia. Em 11 jogos, o time venceu sete, empatou duas e perdeu outras duas. O Barcelona venceu 10 e empatou apenas uma. A distância da ponta, porém, não preocupa o principal jogador dos merengues.

“Nós estamos jogando muito bem, não perfeito, mas bem! Eu estou feliz e me sinto bem. Nós desperdiçamos alguns pontos na liga, mas, na Champions League, nós estamos bem”, declarou o camisa 7 do time de Madri.

A situação na Champions League de fato é bem melhor para o Real Madrid. Em quatro jogos até aqui, são duas vitórias, um empate e uma derrota. Na última rodada, o time perdeu para o Tottenham jogando pela primeira vez na história em Wembley. Com sete pontos, os merengues estão em segundo, atrás do Tottenham, com 10, e cinco pontos à frente do Borussia Dortmund, terceiro.

“É apenas o começo da temporada e há muitas partidas para serem jogadas. Você tem que ficar calmo e continuar a trabalhar, porque é óbvio que podemos fazer melhor que isso”, declarou Ronaldo.

“As coisas irão mudar, eu não estou preocupado. As pessoas estão mais preocupadas que eu. Estou em ‘modo delta’, se você entende o que digo: calmo, sereno. Dois anos atrás, foi a mesma situação, no ano passado, o mesmo. E este ano, começa de novo”, declarou ainda o jogador.