Cristiano Ronaldo parece disposto em utilizar a Eurocopa para se tornar o melhor jogador do mundo em 2012. O atacante teve mais uma grande atuação na competição e ajudou Portugal a sufocar a República Tcheca. Depois de muitas chances perdidas, coube ao camisa 7 garantir a vitória por 1 a 0 e colocar os Tugas entre as quatro melhores seleções da Euro. O time treinado por Paulo Bento agora aguarda França ou Espanha, em semifinal marcada para o dia 27 de junho.

Os tchecos iniciaram dominando a posse de bola, mas com claras dificuldades para concluir a gol. Bastaram dez minutos até que os portugueses acordassem para o jogo, sendo bem mais incisivos ofensivamente. Cristiano Ronaldo era quem mais levava perigo, variando pelos lados de campo. E, pouco antes do intervalo, o camisa 7 chegou a carimbar a trave, após grande lançamento de Raul Meireles.

Na volta para o segundo tempo, Portugal seguia espremendo os tchecos. Cristiano Ronaldo voltou a acertar o poste, desta vez em cobrança de falta, enquanto Petr Cech fez duas grandes defesas em finalizações de João Moutinho e Nani. Depois de 16 arremates errados da equipe é que Cristiano Ronaldo finalmente fez o gol da vitória, a dez minutos do fim. Sem forças, a República Tcheca deixou se abater pelo desespero e nem mesmo conseguiu arrematar a gol no tempo restante.

Destaque do jogo

Cristiano Ronaldo. Mais uma vez o craque buscou o jogo e fez a diferença a favor de Portugal. Foram oito finalizações, duas delas na trave. E, na primeira vez que conseguiu acertar o alvo, CR7 venceu Petr Cech. Além disso, o atacante também abriu espaços para os companheiros e criou uma chance de gol, desperdiçada por Raul Meireles.

Momento-chave

A escalação feita por Michal Bilek. O treinador preferiu não arriscar a entrada de Tomas Rosicky, com problemas físicos, e apostou na entrada de Vladimir Darida. A alteração não se encaixou e, sem meio de campo, os tchecos tiveram sérios problemas na condução de seu jogo. O time teve apenas 67% de aproveitamento nos passes e só finalizaram duas vezes.

Gols

34’/2T: Nani recebe bola na lateral direita e espera a passagem de João Moutinho, que cruza em direção à segunda trave. Cristiano Ronaldo se adianta à marcação de Selassie e cabeceia em direção ao chão, tirando as chances de Petr Cech.

Curiosidade

Cristiano Ronaldo, com 27 anos e 137 dias, é o jogador mais jovem a completar 1000 minutos em campo em Eurocopas. Além disso, o atacante quebrou o recorde de finalizações em uma única edição de Euro, chegando a 30 – a marca anterior era de Roman Pavlyuchenko, em 2008, com 28.

Ficha técnica

República Tcheca 0×1 Portugal

Estádio: Estádio Nacional, em Varsóvia (POL)
Data: 21/jun, quinta-feira
Árbitro: Howard Webb (ING)
Gols: Cristiano Ronaldo, aos 34’/2T
Cartões amarelos: Nani e Miguel Veloso (Portugal); David Limbersky (República Tcheca)

República Tcheca
Petr Cech, Theodor Gebre Selassie, Michal Kadlec, Tomas Sivok e David Limbersky; Tomas Hübschman (Tomas Pekhart, aos 40’/2T) e Jaroslav Plasil; Vaclav Pilar, Vladimir Darida (Jan Rezek, aos 15’/2T) e Petr Jiracek; Milan Baros. Técnico: Michal Bilek.

Portugal
Rui Patrício, João Pereira, Pepe, Bruno Alves e Fábio Coentrão; Miguel Veloso, Raúl Meireles (Rolando, aos 43’/2T) e João Moutinho; Nani (Custódio, aos 38’/2T), Cristiano Ronaldo e Helder Postiga (Hugo Almeida, aos 40’/1T). Técnico: Paulo Bento.