Se quiser continuar no cargo na próxima temporada, Juan Ramón López Caro deve fazer de tudo para o Real Madrid derrotar o Arsenal e se classificar para a próxima fase da Liga dos Campeões. Em entrevista publicada hoje no jornal Marca, Fernando Martín, novo presidente do clube, comentou a respeito dos planos para o futuro do clube e sobre a situação de Ronaldo.

“No dia 30 de junho, terei decidido por 99% do elenco para a próxima temporada. Sobre a questão do treinador, decidirei em duas semanas. O assunto dependerá muito do que acontecer na quarta”, disse o dirigente, referindo-se à partida volta da LC, em Highbury.

Sobre a polêmica em torno de Ronaldo, Martin foi bem claro. “Temos que dar confiança a ele, ter um diálogo e compreensão. Mas quando não fizer o que é preciso, também é necessário tirá-lo. Ronaldo gosta mais da torcida do que pensamos. Ele me disse que está preparado. Se jogar, vai entrar bem e fazer gols. Tanto faz se jogará ou não; o que quero é ganhar”, disse.

Martin também falou sobre o planejamento do elenco da próxima temporada. “Precisamos de dois jogadores por posição para que se esforcem cada vez mais. Eles precisam saber que, se não estiverem bem, jogará o outro. Ter titulares indiscutíveis não é bom. Aqui os jogadores não vêm para se aposentar”, afirmou.