Segundo os médicos que acompanham George Best, não há mais esperanças para que o ex-jogador se recupere. Internado em um hospital de Londres desde 1º de outubro, Best apresentou uma piora em seu estado de saúde nos últimos dias. “Ele chegou ao fim do caminho. Não há mais retorno possível desta situação”, lamentou Roger Williams, médico supervisor da equipe.

Best sempre teve problemas com o alcoolismo. Apesar de receber um transplante de fígado em 2002, o ídolo do Manchester United não abandonou o vício. Na última sexta, o ex-jogador teve uma infecção pulmonar, o que fez piorar suas condições. “Estamos nas últimas fases da doença e ele pode morrer a qualquer momento nas próximas 24 horas. Ficaria muito surpreso se ele conseguisse superar esta expectativa”, comentou o dr. Williams.

Um dos principais jogadores do Manchester United nos anos 60 e 70, Best conquistou dois títulos ingleses (1965 e 67) e uma Copa dos Campeões (68). Sua fama o levou a ganhar até o apelido de “quinto Beatle”.