As entrevistas coletivas são um dos pontos altos de José Mourinho. Nelas que o técnico costuma soltar algumas de suas maiores pérolas. Tira sarro das situações, dá bordoadas em seus adversários e até se autoproclama o ‘Special One’ – alguns dessas palavras célebres estão reunidos nesta matéria que fizemos para comemorar os 50 anos do português. Nesta sexta-feira, no entanto, Mou se superou na conferência antes do clássico contra o Manchester United. Protagonizou seu maior momento em uma coletiva, sem nem precisar distribuir palavras ranzinzas a ninguém. Bastou um belo gesto.

Mourinho não chegou de bom humor à sala de imprensa do Chelsea. Porém, foi só avistar um rosto entre os jornalistas que o treinador abriu um largo sorriso. Era Rags Martel, repórter da ITV que se ausentou do trabalho por um longo período para tratar de um câncer. Então, o técnico acenou para o britânico e saiu de sua mesa apenas para cumprimentá-lo. “Está tudo bem? É bom ver você de novo”, disse um surpreendentemente afável Mourinho.

Mou sabe como irritar muita gente. Mas também não são tão raros assim os momentos em que ele escancara o tamanho de seu coração.


4 respostas para “A melhor coletiva de imprensa que Mourinho já protagonizou”

  1. Thomas de Carvalho disse:

    É aquela história, quem vê cara não vê coração. Lembro-me também de um
    mexicano que Mourinho tirou das ruas e a quem deu emprego no Real,
    Abel Rodriguez, e também de um tradutor, que Mourinho presenteou com uma camisa autografada. Enfim, há dois Mourinhos: o “ser humano” Mourinho, de grande coração, e o “treinador” Mourinho, arrogante e prepotente. Ambos vencedores.

Deixe uma resposta