O retorno do Eintracht Braunschweig à elite do futebol alemão após 28 anos de ausência foi seguido de uma enorme festa. Merecidamente, diga-se. Poucas pessoas se lembravam que os auriazuis tinham sido campeões da Bundesliga na década de 1960, e o acesso na temporada 2012/13 servia não apenas para recuperar essa tradição. Também premiava a torcida que não é das maiores da Alemanha, mas se manteve fiel durante os momentos de dificuldade.

>>> O retorno do Braunschweig, o campeão adormecido da Bundesliga

O sonho de permanecer na primeira divisão durou apenas uma temporada. E não foi por causa da gangorra que os torcedores abandonaram o clube. Ao final da derrota fora de casa para o Hoffenheim, que selou o rebaixamento dos lanternas da Bundesliga, os auriazuis nas arquibancadas prestaram uma grande homenagem aos seus jogadores. Incluindo uma garotinha, que entregou uma flor amarela ao técnico Torsten Lieberknecht. Gestos simples, mas que só enaltecem a grandeza do futebol.