O Newcastle pode até ficar na bronca. Os alvinegros fizeram ótima partida no St. James Park e tiveram um gol anulado de maneira bastante contestável, que rendeu uma reação raivosa do técnico Alan Pardew e vaias da torcida durante um bom tempo. Independentemente disso, a vitória foi do Manchester City. Ajudados pela arbitragem ou não, os Citizens suaram bastante para vencer por 2 a 0 e podem até fechar a rodada na liderança da Premier League, caso o Arsenal ao menos empate com o Aston Villa nesta segunda.

E o sucesso do City em mais uma rodada pode ser colocado outra vez na conta de seu jogo coletivo. Manuel Pellegrini possui a disposição um dos melhores setores ofensivos do mundo. Mesmo sem contar com Sergio Agüero, principal artilheiro do elenco, o chileno consegue escalar um time de primeira linhagem do meio para frente. Neste domingo, por exemplo, os azuis foram a campo com Yaya Touré, Fernandinho, Samir Nasri, David Silva, Edin Dzeko e Álvaro Negredo. Nomes importantes não apenas pela capacidade técnica, como também pelo entrosamento.

A grande prova da maneira como o jogo do Manchester City vem fluiu foi dada no primeiro gol da partida. Do início da jogada até a conclusão de Dzeko, foram 14 passes, incluindo a ótima condução de David Silva no meio de campo. E ver gols coletivos assim não é raro nas partidas dos Citizens, que chegaram a 59 tentos apenas na Premier League e possuem o melhor ataque entre as grandes ligas europeias. Fluindo dessa maneira, até parece fácil:

city

O diagrama do primeiro gol do City (Fonte: Daily Mail)