Pare um minutinho para imaginar quantos pedidos de foto Lionel Messi recebe enquanto caminha, por exemplo, do restaurante para o seu quarto de hotel. Devem superar o número de gols que marcou na sua carreira. Normal que algumas gafes aconteçam. Em Moscou, hospedado antes da vitória da Argentina por 1 a 0 sobre a Rússia, neste sábado, o craque do Barcelona confundiu um ex-jogador do River Plate, Sebastián Driussi, com um torcedor. Ao perceber o seu erro, pediu desculpas ao colega de profissão.

LEIA MAIS: Em último ano de contrato, Mascherano sonha com volta ao River e ainda pode ser útil a muitos clubes

Driussi está desde o meio do ano defendendo o Zenit e aproveitou a visita da delegação argentina à Rússia para tirar uma foto com seu ídolo – nada muito diferente do que realmente faria um torcedor. Mas Messi, no mundo da lua, só reconheceu o atacante, com quem compartilha o mesmo tatuador, quando viu o retrato publicado no Instagram do jogador.

Gracias por la foto IDOLO👏🏻 @leomessi

Uma publicação compartilhada por Sebastian Driussi 🇦🇷 (@sebadriussi.11) em

“Eu me senti mal por não reconhecê-lo porque eu o conheço”, disse, à Fox Sports Argentina. “Eu sei quem ele é. Quando ele me pediu uma foto, eu pensei que era um dos garotos que estão sempre esperando uma fotografia. Quando eu vi a foto no Instagram, eu pedi desculpas para ele. Já trocamos mensagens no passado e usamos o mesmo tatuador. Eu caminhava pela recepção pensando em outra coisa e não me dei conta”.

Contra a Rússia, Messi quase marcou um golaço por cobertura, e a Argentina criou chances o bastante para vencer por um placar mais amplo. Esbarrou muitas vezes em Akinfeev, que realizou um punhado de boas defesas – como esta, em chute de Agüero. Aos 41 minutos do segundo tempo, Pavón cruzou da direita e o atacante do Manchester City finalizou duas vezes para marcar o único gol do encontro.