A porção rubro-negra de Milão está em festa. No sufoco, o Milan garantiu em casa a classificação para a semifinal da Liga dos Campeões com uma vitória sofrida, por 3 a 1, sobre o Lyon, enquanto a Internazionale caiu diante do Villarreal no El Madrigal, na Espanha, por 1 a 0. Nos jogos de ida, na semana passada, Milan e Lyon haviam empatado por 0 a 0, enquanto a Inter havia vencido o ‘Submarino Amarillo’ por 2 a 1.

O Milan aguarda agora o vencedor do confronto entre Barcelona e Benfica, enquanto o Villarreal espera a definição entre Juventus e Arsenal. Ambos os jogos acontecem nesta quarta-feira, no Camp Nou e no Delle Alpi.

Enquanto os ‘rossoneri’ chegam à segunda semifinal de Liga dos Campeões consecutiva – e também a terceira entre as últimas quatro edições –, os ‘amarillos’ chegam pela primeira vez à penúltima fase da competição. Já o Lyon, deu adeus à LC pela terceira vez seguida nas quartas-de-finais.

Milan 3×1 Lyon

Em San Siro, o Milan não teve moleza. Depois de abrir o placar com Inzaghi, aos 25 minutos do primeiro tempo, numa cabeçada originada de um cruzamento da esquerda de Serginho, o Lyon foi rápido na reação e, aos 30, empatou o jogo com Diarra. Ele aproveitou uma falha de Dida, que trombou com a defesa na cobrança de uma falta por Juninho Pernambucano.

Com o 1 a 1 no placar, o Lyon passou a controlar o jogo, já que o placar classificava os franceses às semifinais. Na volta do intervalo, o Milan pressionou e teve as melhores chances, mas a defesa lionesa conseguiu se segurar. Depois que Carlo Ancelotti tirou o volante Gattuso e colocou Maldini para liberar Serginho para atacar, a pressão aumentou.

O resultado apareceu só aos 43 minutos, quando Shevchenko recebeu livre pela direita e chutou cruzado. A bola bateu nas duas traves e voltou à entrada da pequena área, onde Inzaghi atropelou Kaká para marcar o gol da classificação. Dois minutos depois, Shevchenko ainda marcou mais um, numa falha da defesa do Lyon.

Villarreal 1×0 Internazionale

No estádio El Madrigal, o Villarreal foi só pressão para cima de uma inoperante Internazionale. Tudo o que o ‘Submarino Amarillo’ precisava era um gol – e o time conseguiu. Bastante confiantes e com muita vontade, os jogadores do clube espanhol mantiveram o controle da situação, mas pecaram demais nas conclusões.

A salvação saiu apenas no segundo tempo, numa cobrança de falta de Riquelme. O argentino levantou na área e o zagueiro Arruabarrena se antecipou ao goleiro Toldo e, com um leve toque, garantiu o time amarelo na primeira semifinal de sua história.

Leia também:
´Não é sonho nem milagre´, diz técnico do Villarreal
Torcedor francês cai das arquibancadas de San Siro
Ancelotti: ´Istambul nos serviu de inspiração´

Vice-presidente do Milan diz não temer o Barça
´Cometemos suicídio´, afirma goleiro do Lyon

Todos os jogos das quartas-de-final da Liga dos Campeões

Terça, 4/abril
Milan 3×1 Lyon (0x0 no jogo de ida)
Villarreal 1×0 Internazionale (1×2)

Quarta, 5/abril
Barcelona x Benfica (0x0)
Juventus x Arsenal (0x2)