Kaká começou no banco e, quando entrou, o Milan já não precisava mais dele. A 1 minuto de jogo, Gilardino já abrira o placar para o Milan. Aos 27, quando o Cagliari era um pouco melhor que o Milan, Shevcenko arriscou de fora da área e marcou o segundo do rossoneri.

A vitória impede a disparada da Juve, e deixa o Milan em segundo, um ponto à frente da Inter – a equipe está cinco atrás da líder.