Depois de tanto chumbo trocado, José Mourinho e Arsène Wenger parecem estar próximos de chegar a uma trégua. Quem levantou a bandeira branca foi o português, mas sem deixar de dar uma leve cutucada no rival.

´´Tenho problemas para resolver no meu clube porque perdi um jogo e quero fazer o melhor. Ele tem problemas no clube dele porque não está indo bem como gostaria na Premiership. É melhor para nós trabalharmos e esquecermos isso´´, disse o treinador dos Blues.

Mourinho afirmou que a questão entre os dois não é pessoal. ´´Claro que a intenção não é machucar o ser humano. Respeito-o por ser um homem bem-sucedido e por não ter sido ajudado por ninguém para chegar onde chegou. Ele fez boas coisas´´.

O técnico do Chelsea também comentou se pediria desculparia ao francês pelos comentários ofensivos. ´´Se ele estiver pronto a pedir desculpas de Highbury sobre as frases, frases e frases sobre o Chelsea, estou pronto para fazer o mesmo´´.