O Manchester United acabou eliminado pelo Sevilla nas oitavas de final da Champions League com uma derrota em casa por 2 a 1. O resultado acabou sendo surpreendente, já que os ingleses eram favoritos no confronto. Apesar disso, o técnico José Mourinho tratou com naturalidade a eliminação. O português lembrou que ele já estava do outro lado, eliminando o Manchester United jogando em Old Trafford duas vezes. E disse que o time não tem tempo de lamentar. Tudo isso ignorando o fato do seu time ter jogado um futebol pobre nos dois jogos contra o time espanhol.

LEIA MAIS: O Sevilla transformou Old Trafford no palco de seus melhores sonhos e eliminou o United

“Eu sentei nesta cadeira duas vezes antes na Champions League e eu eliminei o Manchester United em casa duas vezes, com o Porto e com o Real Madrid. Então, isso não é nada novo para este clube”, afirmou Mourinho. “Mas é claro que é uma decepção ser treinador do Manchester United e ser eliminado na Champions League dentro de casa”.

“Eu não quero fazer disso um drama, nós não temos tempo para isso. Temos um jogo no sábado, nós não temos tempo de ficarmos tristes por mais de 24 horas. E isso é futebol, não é o fim do mundo”, declarou ainda o técnico do Manchester United.

Apesar da derrota em casa, Mourinho defendeu a atuação do time no Old Trafford. “Eu acho que a intenção, o modo como nós começamos o jogo foi realmente bom e realmente positivo. Então, depois de 10, 15 minutos, depois desse sucesso sem gols, o Sevilla tem um bom time e eles conseguiram esconder a boal”, analisou Mourinho.

“Eles têm jogadores no meio-campo que são realmente bons nisso. Eles tentaram fazer isso e fizeram na maior parte do tempo. No primeiro tempo, eu não lembro de nenhuma situação de perigo deles, então eu acho que foi um bom desempenho controlado por eles sem qualquer tipo de perigo”, continuou o português. “Nós criamos situações de perigo no primeiro tempo e novamente tivemos um bom começo no segundo tempo e chances para marcar. É claro, o primeiro gol sempre muda a direção do jogo”.

“Às vezes eu tenho sorte com as mudanças, às vezes outros técnicos têm sorte com suas mudanças e eu acho que foi um movimento bom, feliz feito pelo Vincenzo [Montella, técnico do Sevilla] em colocar em campo Bem Yedder, e quando ele marca o primeiro gol, o jogo é completamente diferente”, disse Mourinho.

Um jornalista espanhol perguntou se o técnico achava que a temporada tinha sido um fracasso. “Você realmente está interessado, na imprensa espanhola, nas dificuldades da nossa temporada na liga?”, respondeu o treinador.

Mourinho ainda respondeu uma pergunta sobre o que precisava mudar. “Tudo, tudo junto. Todo mundo gasta dinheiro certo, não apenas nós, certo? É um processo natural. Eu não tenho arrependimentos. Eu fiz o meu melhor, os jogadores fizeram o seu melhor, nós perdemos e isso é futebol”.

O Manchester United agora se volta às duas competições que restam. No fim de semana, dia 17 de março, o time enfrenta o Brighton pela Copa da Inglaterra, a última chance real de título. Depois, o time continua a sua disputa na Premier League. São as duas competições que restam.