José Mourinho se tornou um símbolo do pragmatismo de técnicos de futebol, embora seja uma definição rasteira sobre um técnico que vai muito além disso. Seja como for, a imagem colou e Mourinho é, muitas vezes, chamado de retranqueiro. Não que ele não dê motivos para isso: o jogo contra o Liverpool e contra o Benfica, nesta semana, dão margem para isso. E uma frase destacada da sua coletiva depois do jogo reforça ainda mais isso.

LEIA TAMBÉM: Svilar entrou para a história da Champions, e seu desafio agora é fazer que isso seja esquecido

A vitória por 1 a 0 veio em um gol de falta de Marcus Rashford, em uma falha do goleiro Belgium Svilar. A crítica ao time foi pela postura chamada de negativa, defensiva demais, assim como tinha sido contra o Liverpool, no fim de semana. O desempenho defensivo do time, porém, é de fato notável: são seis gols sofridos em toda a temporada até aqui.

“Nós fomos o time que foi positivo e nós sempre estivemos no controle”, afirmou Mourinho, após o jogo, que já treinou o Benfica. “Eu nunca senti que nós iríamos sofrer um gol, nós fomos muito sólidos defensivamente”, analisou o treinador do clube inglês.

Veio, então, a frase que repercute e faz com que Mourinho reforce ainda mais a sua pecha de um treinador defensivo, mais que ofensivo. “Às vezes eu sinto que ser bom defensivamente é um crime, mas não é um crime. Ser bom defensivamente é um passo para conseguir resultados. Nós sabíamos que a pressão do Benfica não poderia durar por 90 minutos”, disse.

“O trabalho defensivo fantástico que o Liverpool fez contra nós, o Benfica não conseguiu fazer durante todo o jogo. Sem nenhuma pressão, nós sabíamos que o gol chegaria”, continuou Mourinho. Bom, o que se via em campo era o Benfica bem melhor no jogo, pressionando no campo de ataque, embora sofrendo, sim, para vencer a sólida defesa dos ingleses.

A pressão do Benfica era tão inerte que o goleiro David De Gea não fez nenhuma defesa difícil ao longo de todo o jogo. A presença ofensiva do time português conseguiu fazer muito pouco. E ofensivamente, Nemanja Matic, outro ex-benfiquista, confessou que o técnico do Manchester United falou sobre a juventude do goleiro do Benfica, de 18 anos.

“O técnico nos diz para tentar e chutar, fazer alguns cruzamentos na direção do goleiro porque ele é jovem e estava jogando o seu primeiro jogo”, afirmou o volante sérvio. “Isso é futebol e eu sei que ele é um grande goleiro e eu desejo bem para ele para o futuro”, disse ainda o jogador.

Mourinho mesmo falou sobre o assunto. “Eu sabia o quanto o goleiro era bom e eu disse aos jogadores sobre isso. Nós tínhamos uma estratégia, especialmente em bolas paradas para deixá-lo desconfortável”, afirmou o treinador. “Ele arrisca muito, mas só goleiros de alto nível fazem isso. Ele teve azar no gol”.

Mourinho é um treinador experiente e sabe explorar as fraquezas do adversário. Não foi bonito, nem um pouco. O jogo do Manchester United contra o Benfica foi terrível e o time venceu sem jogar grande coisa. Em termos estratégicos, funcionou. Realmente, o Benfica não incomodou o goleiro De Gea. A vitória veio em uma falha do goleiro, como o treinador pediu para explorar.

O que se critica de uma estratégia como essa é que o time precisará jogar mais para enfrentar adversários que jogam um futebol melhor. Mas, por enquanto, ainda não dá para medir isso. Mourinho tem elementos para se defender das críticas com os resultados e alguns bons jogos que o time fez, inclusive marcando muitos gols na Premier League. Se a estratégia pragmática em jogos como esses contra Liverpool e Benfica custarão caro, ainda veremos.

Mourinho tem razão que ser defensivamente bom é um primeiro passo para vencer os jogos e conseguir os resultados. A crítica é ser só isso. Mas Mourinho, ao longo da carreira, já mostrou ser capaz de fazer isso. Desde o Porto, o Chelsea, a Inter, o Real Madrid, todos esses times tiveram momentos goleadores. No próprio Manchester United, nesta temporada, o time já mostrou mais. A tendência parece ser mostrar mais isso ao longo da temporada. Ainda mais com um ataque com Lukaku e com Ibrahimovic prestes a voltar.