José Mourinho tentou ser jogador profissional. Chegou a defender alguns clubes portugueses, mas percebeu rapidamente que não tinha muito talento e preferiu se concentrar na carreira de técnico. Dá para entender um pouco do por quê. No fim de semana, em uma partida beneficente organizada pela Unicef, ele invadiu o gramado para roubar a bola do cantor Olly Murs e errou completamente o desarme. Derrubou o “adversário” e saiu dando risada, como a criança levada que acabou de cometer mais uma travessura. E se não há muitos jogos no seu currículo de jogador, sua carreira de técnico contém várias travessuras.

Leia também:

>>>> O casamento entre Mourinho e Samuel Eto’o chegou mesmo ao fim

>>>> José Mourinho, o técnico que não tem vergonha de se defender

>>>> O dia em que Mourinho chorou por perder chance no United

>>>> A melhor coletiva de imprensa que Mourinho já protagonizou