Copa do Mundo não é só sobre futebol. É também época de, entre outras coisas, conhecer diferentes culturas, graças ao contato que temos com as seleções participantes, mesmo à distância, mesmo apenas com leituras sobre os países. E, culturalmente falando,   é curioso saber o que cada nação gosta de ouvir ou o que as indústrias musicais desses países produzem. Apenas por curiosidade, já que não pretendemos traçar panoramas deste sobre cada um dos países, separamos um clipe para cada uma das nações representadas nesta Copa do Mundo, desde as músicas mais bizarras até a alguns trabalhos muito bons ou pelo menos engraçados. Dá uma olhada no resultado aqui abaixo.

Veja mais: E se as seleções da Copa fossem personagens de séries de TV

Grupo A

Brasil:

Nação Zumbi – Cicatriz

Camarões:

Anne-Marie Nzié – Sarah

Croácia:

Azra – Lijepe Žene Prolaze Kroz Grad

México:

Café Tacvba – Aprovéchate

Grupo B

Austrália:

Tame Impala – Mind Mischief

Chile:

Francisca Valenzuela – Quiero Verte Más

Espanha:

Marta Sanchez – Desesperada

Holanda:

Gers Pardoel – Ik Neem Je Mee

Grupo C

Colômbia:

Andres Cabas – Mi Bombon

Costa do Marfim:

Dobet Gnahore – Samahani

Grécia:

Anna Vissi – Psihedelia

Japão:

The Gazette – Derangement

Grupo D

Costa Rica:

Escats – Cada Vez

Inglaterra:

Miles Kane – Don’t Forget Who You Are

Itália:

I Cani – Velleità

Uruguai:

Jorge Drexler – Universos Paralelos

Grupo E

Equador:

Jazz the Roots – Libertad

França:

Daft Punk – Get Lucky

Honduras:

Guillermo Anderson – Aló Mamá

Suíça:

Fauve – Blizzard

Grupo F

Argentina:

Abel Pintos – Cactus

Bósnia-Herzegovina:

Frenkie – Samaranje

Irã:

Amir Tataloo & Armin 2AFM – Ye Chizi Begoo

Nigéria:

Davido – Aye

Grupo G

Alemanha:

Tokio Hotel – Ready, Set, Go!

Estados Unidos:

Cage the Elephant – Come a Little Closer

Gana:

Asem – Bye Bye

Portugal:

Ornatos Violeta – Ouvi Dizer

Grupo H

Argélia:

Souad Massi – Houria

Bélgica:

dEUS – Quatre Mains

Coreia do Sul:

Super Junior – Sexy, Free and Single

Rússia:

Lion – Revnost