Adrian Mutu sempre foi um bom jogador, ainda que quase sempre acabasse ofuscado pelas próprias polêmicas. Não tivesse seus predicados, não teria passado por Chelsea, Juventus, Parma e Fiorentina, nem seria ídolo absoluto da seleção romena. Aos 35 anos, porém, havia chegado a hora de o atacante retornar ao seu país natal. Já fazia hora extra no Ajaccio, onde chegou prometendo rivalizar em gols com Zlatan Ibrahimovic na Ligue 1 e não passou nem perto disso. E, levado pelo Petrolul Ploiesti nesta janela, o camisa 10 foi recebido como um rei.

Guardando as devidas proporções entre a grandeza do jogador e do time, a apresentação de Mutu lembrou a de Ronaldo pelo Corinthians. Fogos de artifício e arquibancadas cheias para receber o veterano. E mais impressionante ainda foi seu primeiro treino com os atuais líderes do Campeonato Romeno. Cerca de sete mil torcedores foram ao estádio apenas para assistir ao centroavante batendo bola com seus companheiros. Mutu nunca foi um Hagi ou um Popescu, mas tudo indica que terá um fim de carreira glorioso na Romênia.

Abaixo, o vídeo da apresentação de Mutu e o do primeiro treino pelo Petrolul: