Lesionado, Cristiano Ronaldo não pôde estar em campo na goleada do Real Madrid por 4 a 1 sobre o Galatasaray. Ainda assim, o português esteve presente nas arquibancadas do Estádio Santiago Bernabéu. E pôde ver de perto a grande homenagem da torcida merengue, que não exaltou apenas o talento do craque, mas também defendeu sua candidatura ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2013.

Cerca de 45 mil máscaras de Cristiano Ronaldo e cartazes com o número 7 foram distribuídos na entrada do estádio. Já antes do início da partida, um bandeirão com o rosto do atacante foi estendido por uma torcida organizada, misturando seu nome com a palavra ‘Bola de Ouro’. Outras faixas de apoio também foram erguidas nas arquibancadas, incluindo uma com os dizeres “Nosso incondicional apoio ao Comandante Cristiano”, em referência as críticas de Joseph Blatter feitas ao português.

E o Real Madrid nem precisou de Ronaldo para passar por cima do Galatasaray, assim como já tinham feito em Istambul. Com um a menos desde os 26 minutos, os espanhóis balançaram as redes com Gareth Bale, Ángel Di María, Isco e Álvaro Arbeloa – curiosamente, o melhor em campo. Um resultado esperado, suficiente para a classificação do clube às oitavas de final. Agora os merengues ficam na expectativa de que os (até agora) 67 gols de seu atacante em 2013 sejam suficientes para render o merecido prêmio, bem como a sonhada ‘La Décima’.

1385582692_338818_1385586088_album_normal

1385582692_338818_1385582855_album_normal