Pelo menos nas duas últimas edições do Football Manager, todo mundo que precisava de um jovem atacante, barato e de alto potencial buscou Maximiliano Romero no Vélez Sarsfield. Admito que devo tê-lo contratado umas cinco ou seis vezes. Fazia parte de todas as listas de wonderkids de todos os sites da internet. Aos 18 anos, o argentino chegava já capaz de marcar uns golzinhos e ser reserva, mas poderia se desenvolver em um monstro de jogador.

LEIA MAIS: Football Manager 2018 foi oficialmente lançado, mas como comprar no Brasil?

Logo, nada mais apropriado do que o PSV utilizar o FM para anunciar a contratação de Romero. Durante os 58 segundos do vídeo publicado em seu Twitter, o clube emula a contratação do jovem atacante dentro do game. Usa a busca, avalia o potencial e os atributos, faz a proposta, negocia o contrato e confirma a contratação.

Especulado em outros clubes como Borussia Dortmund e Arsenal, Romero preferiu assinar com o PSV até 2023, para o deleite do técnico Phillip Cocu. “Ele é forte fisicamente, um finalizador clínico, confortável no drible e na finalização com as duas pernas. Tem grande potencial e não poderíamos desperdiçar a oportunidade de ouro de contratá-lo”, disse.

A má notícia: Maxi Romero será mais difícil de contratar a partir das próximas atualizações do FM.