Francesco Totti passou a carreira inteira na Roma. De Rossi caminha para ter a mesma trajetória. Radja Nainggolan não foi formado nas categorias de base do clube italiano, e já defendeu outras equipes, mas partilha do mesmo sentimento de fidelidade. Em entrevista à Sky Sports Italia, o jogador de 29 anos afirmou que não tem nenhuma intenção de deixar os giallorossi.

LEIA MAIS: Nainggolan e Manolas fizeram uma bela dupla de narrador e comentarista em Roma 2 x 1 Lazio

“Estou muito feliz na Roma e não vejo motivo para sair. Tenho tudo que preciso e, nessas situações, nem uma tonelada de dinheiro pode fazer você mudar de ideia. Eu assinaria contrato vitalício com a Roma, uma vez que já recusei diversos clubes. A não ser, claro, que um dia eles decidam me dispensar. No momento, estou feliz aqui e o mais importante para mim é ser feliz”, disse.

Nainggolan tem contrato até 2021 com a Roma e obviamente se inspira em Totti, que se aposentou e virou diretor do clube. O belga conta que, no começo, o ídolo romanista estava um pouco hesitante na sua nova função, mas agora já entra no vestiário e se aproxima dos jogadores confortavelmente.

“Ele era um grande jogador do futebol mundial e, em todo lugar que jogasse, as pessoas gritavam seu nome. Acho que ele conquistou o respeito em campo, sendo o campeão que foi. Quando se aposentou, todos no estádio choraram. Tinha que acontecer cedo ou tarde, mas foi um momento terrível para ele. Ainda sentimos sua falta nos vestiários e ele representa a Roma”, disse Nainggolan.