O Valencia, enfim, retomou seu fôlego no Campeonato Espanhol. Os Ches fizeram um primeiro turno fantástico, mas perderam força a partir de dezembro. Os resultados ruins culminaram com a queda na tabela. Já as últimas rodadas voltaram a exibir o poderio do time de Marcelino Toral. São três vitórias consecutivas, o que não acontecia na competição justamente desde novembro. E o triunfo deste domingo, no Mestalla, contou com a participação vital do goleiro Neto. O brasileiro salvou o que seria o gol de empate da Real Sociedad, preservando os 2 a 1 no placar.

No ataque, Santi Mina teve papel decisivo ao Valencia. O jovem atacante abriu o placar com uma cabeçada certeira no primeiro tempo e, depois que Mikel Oyarzabal empatou no segundo, retomou a vantagem ao aproveitar uma falha do goleiro Toño. Ainda assim, os bascos insistiriam em busca do empate. E, na melhor chance, Neto operou seu milagre. Primeiro, o goleiro buscou uma cobrança de falta no cantinho, rente à trave. Os txuri-urdin ainda tentaram marcar no rebote, mas de novo pararam no brasileiro. Caído dentro da meta, esticou o cotovelo para rebater a bola em cima da linha. O chute veio em cima do arqueiro, mas não deixa de ser uma intervenção impressionante.

O Valencia aproveita a vitória para manter a distância em relação ao Villarreal. Na quarta colocação, os Ches estão oito pontos à frente do Submarino Amarelo, tranquilos na zona de classificação à Liga dos Campeões. Além disso, seguem na cola do Real Madrid, dois pontos à frente. Já a Real Sociedad continua a campanha morna, com 29 pontos, no 14° lugar.