Um vídeo de Jürgen Klopp com torcedores do Liverpool voltando de Kiev ganhou a internet neste domingo. O técnico do clube inglês, derrotado na final pelo Real Madrid por 3 a 1, aparece cantando junto com torcedores uma música que traz o característico humor britânico. O técnico aparece no aeroporto de Kiev na manhã deste domingo, com o Liverpool voltando para casa, ao lado do assistente Peter Krawietz e outros dois: Campino, cantor da banda alemã Die Toten Hosen, vestindo uma camisa do Liverpool, e o jornalista alemão Johnanes B. Kerner.

LEIA MAIS: O Liverpool pagou o preço pelas suas próprias negligências no mercado de transferências

A música cantada é:

“We saw the European Cup

Madrid had all the f****** luck

We’ll just keep on being cool

And bring it back to Liverpool!”

A tradução seria algo como “Nós vimos a Copa Europeia/o Madrid teve toda a p***a de sorte/Nós continuaremos sendo legais/E traremos de volta a Liverpool”. O bom humor e os sorrisos voltaram ao técnico depois de uma noite que ele estava claramente (e compreensivelmente) enfurecido depois da derrota. Perder nunca é bom, nem fácil, mais ainda da forma como o Liverpool perdeu, com falhas gritantes do seu goleiro. As respostas de Klopp na entrevista coletiva mostraram a sua insatisfação.

Decepção na coletiva pós-jogo

“Eu não estou bem, eu estou o oposto de bem, mas eu tento ser profissional”, afirmou Klopp. O treinador alemão nunca venceu uma final sequer que disputou: jogou seis, perdeu todas.  “Eu disse algumas vezes, eu farei 51 anos no próximo mês, eu perdi jogos na minha vida antes, eu sei como lidar com isso. O que você não pode evitar é o sentimento que você tem na noite antes do jogo. Nós todos nos sentimos muito, muito mal e o caminho para casa não será a melhor viagem que faremos na nossa vida, mas temos que aceitar por enquanto”.

“Nós queríamos tudo e não conseguimos nada, ou menos do que algo com a lesão de Mo [Salah]. Ele não jogou a final, nós perdemos um jogador muito importante, como o Egito provavelmente perdeu um jogador muito importante. No fim, é um jogo de futebol, nós tentamos de tudo para vencer, é por isso que eu não mudaria nada na nossa preparação. Eu fiz o melhor que eu pude e não foi bom o suficiente e eu tenho que aceitar, é isso”, disse Klopp.

“Eu tenho apenas algumas poucas, muito poucas palavras depois do jogo, mas não é nada para falar a respeito”, afirmou Klopp sobre Karius. “Eu realmente sinto muito por ele, ninguém quer isso, mas é a situação. Os erros foram óbvios, nós não temos que falar sobre isso, está tudo claro; ele sabe disso, todos vocês sabem disso. Agora ele tem que lidar com isso, nós temos que lidar com isso, nós iremos fazer isso. É claro que estaremos com ele, não há dúvida sobre isso. Não foi a noite dele, obviamente”.

O vídeo desta manhã na Ucrânia já mostra um Klopp olhando para frente, lidando com a derrota e seguindo adiante. O técnico é conhecido por sua energia, sua forma de lidar com o jogo de forma muito emotiva e muito alegre. É um personagem carismático que ganhou os torcedores do Liverpool com isso e com o seu trabalho. E é justamente no seu trabalho que ele precisará se concentrar para corrigir os problemas do elenco, desequilibrado e curto em qualidade.