O campeonato inglês terá em sua 12ª rodada uma chance de se tornar um pouco mais emocionante. Manchester United e Chelsea fazem o confronto mais importante da Europa. As duas equipes vêm de derrotas na Liga dos Campeões, na rodada do meio de semana. O Chelsea perdeu sua primeira partida na temporada (1 a 0 para o Betis), mesmo placar da queda do Manchester frente ao Lille. Assim, mais do que um choque entre gigantes, o clássico terá um sabor extra de redenção.

Os Blues seguem tranqüilos na liderança, com 31 pontos. Porém, a imagem de time imbatível começou a ruir nas últimas partidas. Em quatro jogos, o Chelsea ganhou apenas um. A equipe empatou com o Everton, foi eliminado da Copa da Liga Inglesa pelo Charlton e sofreu o revés diante do Betis. O próprio José Mourinho admitiu que a equipe sente a falta de adrenalina, causada pela pouca pressão por resultados. O treinador teme ficar sem Arjen Robben, mas confirma a recuperação de Asier Del Horno e Hernan Crespo, ausentes na LC.

Muito criticado pelo rendimento abaixo do esperado, o Manchester United passa por uma semana difícil. Além da derrota na França, os Red Devils sofrem com o ambiente interno pesado, graças às críticas de Roy Keane a seus companheiros em uma entrevista censurada pela emissora de tevê do clube. Contra todos estes infortúnios, o time busca a reação – está 13 pontos atrás do Chelsea, em 7º lugar. Paul Scholes volta de suspensão, mas a equipe sofre com as longas ausências de jogadores importantes.

O Arsenal (8º, 17 pontos, um jogo a menos) vive um paradoxo. Na LC, os Gunners cumprem campanha exemplar, com 100% de aproveitamento e com a classificação garantida para a próxima fase com duas rodadas de antecedência. Na Premiership, no entanto, a equipe cumpre uma performance apenas regular. Em Highbury, o time terá a chance de se recuperar, pois enfrenta o lanterna Sunderland (cinco pontos). Henry, com dores musculares, não sabe se fica no banco ou será titular.

O surpreendente Wigan (2º, 22 pontos e um jogo a menos) enfrenta fora de casa o Portsmouth (14º, 10) para continuar incomodando. A equipe conquistou cinco vitórias seguidas e não perde desde 20 de agosto. Na segunda, o Bolton (5º, 20) recebe o Tottenham (3º, 20) em duelo equilibrado. Os Spurs não perdem no Inglês desde a quinta rodada.

Veja quais serão as partidas da 12ª rodada da Premiership:

Sábado, 5/novembro
Aston Villa x Liverpool
Arsenal x Sunderland
Fulham x Manchester City
Blackburn x Charlton
Newcastle x Birmingham
West Ham x West Bromwich
Portsmouth x Wigan

Domingo, 6/novembro
Everton x Middlesbrough
Manchester United x Chelsea

Segunda, 7/novembro
Bolton x Tottenham