Tribal nas mangas, um design espacial, uma camisa fragmentada. Quando aparecia que a Warrior não poderia dar um jeito de desenvolver uma camisa pior para o Liverpool, eis que a fornecedora esportiva mostrou que nada é impossível para quem peleja. Superou-se com uma nova terceira camisa que mistura o vermelho, o preto e o cinza, e tem uma faixa completamente desconexa na altura da barriga.

LEIA MAIS: A Premier League que ressuscitou o Liverpool

Sabemos que a Warrior está tentando entrar no mercado e certamente com a estratégia de chocar e ser diferente. Não precisa exagerar, certo? Mas o blog Dirty Tackle, do Yahoo americano, matou a charada: tudo isso é uma ação de marketing, no melhor estilo falem mal, mas, pelo amor de deus, eu imploro, falem de mim.

Eles tentaram adivinhar o diálogo entre o designer da Warrior e o executivo, e a moral da história é que o CEO mandar juntar todos os protótipos em uma única camisa para atrair publicidade. Você pode ler a brincadeira do Dirty Tackle aqui.

Você também pode se interessar por:

>>>> Ninguém está mais feliz que Rickie Lambert, o garoto que assinou com o clube do seu coração

>>>> Um torcedor inglês conseguiu acertar um avião de papel no zagueiro adversário

>>>> Como a Inglaterra pode ganhar a Copa? Com as dicas de Stephen Hawking

>>>> Liverpool tem mais a comemorar do que a lamentar, apesar do gosto amargo da decepção

>>>> A ótima temporada do Liverpool em um desenho animado

>>>> Em 15 minutos, o Liverpool viu seu sonho desmoronar