Uma nova suspeita de manipulação de resultados veio à tona na Itália, com um suposto envolvimento de atletas com a máfia de apostas. O jornal Secolo XIX publicou ontem declarações de Fabio Bazzani, hoje na Sampdoria, mas que defendeu a Lazio na última temporada, que revelaram a existência de uma combinação de resultado na partida entre sua equipe e a Roma. O derby da capital, realizado em 15 de maio deste ano, terminou com um empate sem gols.

Em depoimento a policiais da cidade de Gênova, Bazzani admitiu a participação dos jogadores para a fabricação do resultado. “Contei para Flachi [da Sampdoria] que sete ou oito se puseram de acordo, mas Di Canio [da Lazio] não sabia de nada. Se ele tivesse conhecimento do que aconteceu, poderia ter dado os nomes dos envolvidos para os líderes das torcidas, que teriam matado todos”.

Flachi confirmou as palavras do companheiro de equipe para a polícia. “Lembro-me do telefonema de Bazzani no qual me falava do acerto, e que Di Canio se deu conta disso durante a partida e, por isso, ficou enfurecido”.

A polícia interceptou ligações entre jogadores e possíveis apostadores. A investigação estuda outras partidas, entre as quais Livorno x Juventus e Sampdoria x Internazionale. O Genoa, promovido na última temporada para a Série A, acabou rebaixado para a terceira divisão após ser comprovada a participação do clube na manipulação do resultado de uma partida.