O Newcastle não começou muito bem a temporada e, desfalcado de Yohan Cabaye nas duas primeiras partidas, só conseguiu sua primeira vitória na terceira rodada, justamente na volta do francês. Desde então, alternou triunfos e derrotas, mas, em novembro, teve um mês especial. Foram quatro partidas, quatro vitórias e o bom trabalho coroado com os prêmios de melhor jogador e melhor treinador do mês na Premier League para Tim Krul e Alan Pardew, respectivamente.

Dezembro chegou, e, com ele, a dura derrota por 3 a 0 para o Swansea, mas esse foi apenas um tropeço, mesmo. Neste sábado, o Newcastle venceu o Manchester United, em Old Trafford. Primeira vitória nos domínios dos rivais do norte da Inglaterra desde fevereiro de 1972.

Contra Chelsea, Tottenham, Norwich e West Bromwich, os Magpies sofreram apenas dois gols, o que contribuiu para que o mês fosse tão positivo. E o principal responsável por essa força defensiva foi o goleiro Tim Krul, que não foi escolhido o melhor jogador de novembro sem motivos. A partida de maior brilho do arqueiro veio na vitória contra o Tottenham, quando, com 14 defesas, teve uma atuação que muitos classificaram como a melhor de um goleiro na temporada.

Outubro havia terminado de maneira terrível para o time comandado por Alan Pardew, com a equipe vencendo apenas três de seus nove jogos até então e sendo derrotada pelo rival Sunderland, que até aquele momento não havia vencido uma partida sequer. Talvez o choque do revés, que parecia tão improvável, tenha dado uma acordada no grupo, o que ficou provado nos jogos seguintes, contra Chelsea (2 a 0) e Tottenham (1 a 0).

Após as quatro partidas do mês passado, a equipe saltou para o sexto lugar e chegou a ficar a apenas quatro pontos do Chelsea, que era vice-líder, com 27, ao final da última rodada de novembro. A derrota para o Swansea parece ter sido apenas um tropeço. A excelente vitória contra o Manchester United indica que o Newcastle tem potencial para se manter no pelotão de cima da Premier League.