Não há muita glória na classificação do Atlético Mineiro à segunda fase da Libertadores. O time tem jogado para o gasto, fazendo o suficiente para se classificar por antecipação em um grupo fácil, mas sem encantar ou mostrar a volúpia dos campeões de 2013. Mas uma coisa continua igual: a fase illuminada de Victor.

Veja como o goleiro do Galo pegou (quase) tudo no empate por 1 a 1 contra o Independiente Santa Fe em Bogotá, placar que assegurou a vaga nas oitavas de final ao clube mineiro. Com Victor jogando desse jeito, o Atlético nem precisa jogar tão bem.