O Barcelona precisará confiar em suas categorias de base na próxima temporada. Com o bloqueio dos blaugranas no mercado de transferências, os garotos serão fundamentais para manter o nível de competitividade do clube. Mas em meio às preocupações, a torcida culé pôde renovar um pouco de suas esperanças nesta segunda-feira. Se a situação da equipe principal não vai bem, os juniores trataram de reconquistar a Europa para o Barça. O time sub-19 derrotou o Benfica e ficou com a taça da Uefa Youth League, a Liga dos Campeões da base.

>>> Barcelona terá que mostrar que La Masía é mesmo boa após ser proibido de contratar

A partida foi bem mais difícil do que o placar de 3 a 0 para o Barcelona possa indicar. O Benfica pressionou bem mais durante os 90 minutos, com 21 arremates, mais que o dobro dos nove chutes dos espanhóis – e Romário Baldé ainda desperdiçou um pênalti para os encarnados, que poderia ter empatado o confronto logo aos 14 minutos. Porém, a precisão dos blaugranas pesou, assim como o talento de algumas das promessas de La Masía.

Rodrigo Tarín abriu o placar logo aos nove minutos. Aos 33, Munir El Haddadi ampliou depois de uma jogada fantástica de Ibrahima Traoré, que até já fez algumas partidas pela equipe principal. E o atacante espanhol fechou o placar aos 43 minutos do segundo tempo com seu segundo tento na partida, o 11º no torneio do qual foi artilheiro. Uma verdadeira pintura. Percebeu o goleiro Graça fora de posição e arriscou de trás da linha de meio-campo. Tata Martino ou seja lá quem comandar o Barcelona na próxima temporada deveria ficar de olho.