O Dia Internacional da Síndrome de Down foi celebrado na última sexta-feira. E o Corinthians foi capaz de uma nobre ação em defesa da causa. Já imaginou viver de perto a preparação para um jogo de um time de seu coração? Pois Caio Tadeu Batista, de 26 anos, teve essa honra. Tudo bem que o confronto com o Atlético Sorocaba, pela última rodada da primeira fase do Paulistão, não valia nada. O que não deve ter diminuído a alegria do rapaz em realizar o sonho de milhões de alvinegros.

Jogador do time de futsal de Síndrome de Down do Corinthians e com passagem até pela seleção brasileira da categoria, Caio participou dos últimos três dias de preparação do elenco profissional comandado por Mano Menezes. Na sexta-feira, treinou normalmente com os outros atletas no CT Joaquim Grava – mesmo dia em que outros garotos com Síndrome de Down visitavam as instalações e conheciam os jogadores. Já no domingo, pôde participar do aquecimento do time no gramado do Pacaembu, além de dar o pontapé inicial da partida.

E o sonho de Caio ainda foi detalhadamente registrado. Seu dia no Pacaembu foi todo filmado por uma câmera colocada no peito do atleta. Para nunca mais esquecer. Grandes a iniciativa e a conscientização promovidas pelos corintianos para uma questão tão importante.