Tito Vilanova foi discreto como jogador de futebol. Começou nas categorias de base do Barcelona, mas nunca foi além da filial. Acabou por fazer carreira por times pequenos da primeira divisão e a ser figurinha carimbada na segundona. Um modesto meio-campista que só é recordado mesmo por aqueles mais viciados por futebol espanhol. Entretanto, há um gol de Vilanova que merece ser lembrado pela quantidade de coincidências.

>>> Acima de tudo, Tito Vilanova é um exemplo que vai muito além do futebol
>>> A homenagem a Tito Vilanova no jogo do Barcelona deste domingo

O meia era um dos reforços do Lleida do técnico Juande Ramos para a temporada 1998/99. Acabou cruzando com o seu clube formador, o Barcelona, nas semifinais da Copa da Catalunha. Os blaugranas eram treinados por Louis van Gaal, que resolveu ceder a oportunidade no torneio secundário ao seu assistente. Aquela era a primeira partida de José Mourinho como treinador principal de uma equipe profissional.

O português optou por um time misto contra o Lleida. Escalou alguns medalhões, como Pep Guardiola. Também reservas, como o goleiro Carles Busquets, pai de Sergio. E também promovia a estreia de duas promessas de La Masía: Carles Puyol e Xavi. Apesar das mudanças no time, a situação estava sob o controle do Barça, que marcou dois gols com o atacante Jofre. Entretanto, aos 41 minutos do segundo tempo, o Lleida tinha ótima chance de diminuir, em uma bola recuada por Puyol para Vitor Baia (que entrou no segundo tempo).

Vilanova foi para a bola e encheu o pé, descontando na derrota de seu time por 2 a 1. Superou Guardiola e Xavi na barreira, provocou a fúria de Puyol por seu erro. Marcou o primeiro gol em Mourinho como técnico. E ainda ajudou seu time, já que o Lleida venceu o reencontro e se classificou para a decisão do torneio. Anos depois, todos esses personagens voltaram a conviver em um cenário bem mais importante que a Copa da Catalunha. E os outros lamentaram bastante a perda do autor daquele gol.

A ótima história foi resgatada pelo Who Ate all the Pies