Foi em 2001. A seleção de Samoa Americana perdeu de 31 a 0 para a Austrália e ganhou o carinhoso apelido de pior time do mundo, para aqueles que nunca ouviram falar do Íbis.  Os diretores Mike Brett e Steve Jamison resolveram averiguar como estava a situação do time dez anos depois e encontraram algumas histórias muito interessantes, que estarão no documentário Next Goal Wins, com previsão de lançamento para abril de 2014.

A principal delas é a presença de Jaiyah Saelua, a primeira transsexual a disputar uma partida de Eliminatórias para a Copa do Mundo, na vitória por 2 a 1 sobre Tonga, a primeira da história do time. Eles também registram a chegada do holandês Thomas Rongen, que é contratado para embutir nos jogadores um espírito vencedor e ao menos uma noção de futebol competitivo.

O trailer mostra cenas engraçadas e alguns conflitos típicos de filmes americanos da Sessão da Tarde. Rongen diz ter jogado com Cruyff e teve carreira de jogador no futebol dos Estados Unidos, nos anos 1980. Ele gosta daqueles discursos inspiradores, de gritar na cara dos seus atletas e até briga com o chefe.

Por essa pequena prévia, parece que vai ser um dos melhores filmes sobre o assunto: