A Grécia não vive um bom momento. O país segue assolado pela crise econômica, com altas taxas de desemprego e uma inflação que sufoca a população. A válvula de escape dos gregos acaba sendo o futebol. E a Copa do Mundo está sendo excelente para levantar o moral dos helênicos. A seleção pode não ter mostrado tanto assim, mas ficou com a classificação no Grupo C. O suficiente para que as ruas de Atenas fossem tomadas por milhares de pessoas.

Os torcedores dos clubes gregos são conhecidos pelo fanatismo com os clubes. E não foi tão diferente assim com o Navio Pirata. Muitas bandeiras, fogos de artifício, sinalizadores e a galera ensandecida, pulando até em caminhões. Vale ver e também ouvir a gritaria dos gregos. Depois de dois fracassos retumbantes em Copas do Mundo, enfim a chance de sonhar com um novo 2004, dez anos depois do feito na Eurocopa.