Faltaram segundos, centímetros, para que o Irã conquistasse um resultado histórico no Mineirão. Alguém que pudesse parar Messi, naquelas de suas arrancadas que sempre parecem impossíveis de parar. O Irã fez frente à Argentina por mais de 90 minutos. Por pouco não arrancou o empate. Por Romero, não alcançou a vitória. Ainda assim, a forma como a equipe se portou em campo, foi motivo de muito orgulho. Comemorado como um título.

Os iranianos saíram às ruas de Teerã para festejar a derrota. Sim, festejar a derrota. Afinal, em um país cuja tradição futebolística não possibilita vitórias muito além do território asiático, encarar a Albiceleste de igual para igual já foi uma grande façanha. Ainda mais para um povo sabidamente apaixonado por futebol – e que alcançou momentos históricos em sua sociedade graças à Copa do Mundo. Confira o vídeo: