Algum jornalista ESPANHOL já ansioso pela Copa do Mundo que nesta noite estivesse neste selvagem continente onde se come carne em abundância e a bebida não é um hábito cultural, mas sim um REMÉDIO, se surpreenderia se soubesse que aqueles dois times que se enfrentavam no Nuevo Gasómetro eram os atuais campeões nacionais de Argentina e Brasil, estes países campeões mundiais e celeiros de jogadores que mantêm o bilionário futebol ALÉM-MAR. (Sim, 80% do que tu já viu DE BOM jogando bola na televisão nasceu aqui, no hemisfério da CATIMBA. Tenta não esquecer.)

Veja a crônica completa no Impedimento